Nova greve dos caminhoneiros no domingo ? Confira o que descobrimos sobre o assunto

4.019

Receba atualizações em tempo real grátis

Desde o fim da greve dos caminhoneiros circulam notícias e textos que o movimento retornaria após a meia noite de domingo, 3.

Mas cuidado, essas informaçōes são falsas, segundo a Associação Brasileira de Caminhoneiros (Abcam), uma das entidades que coordenou a paralisação nacional e negociou com o governo federal em nome da categoria, a informação de uma nova greve  é falsa.

Jair Ferraz – um dos principais líderes da classe na região – reforça o contrário. “Já conversei com os nossos representantes em Brasília e eles já estão todos vindo embora, está tudo tranquilo e os objetivos já foram alcançados”, finaliza.

Essas notícias falsas provocou uma grande movimentação em postos de combustíveis e distribuidoras de gás em várias cidades, o portal Elos conversou com vários gerentes de postos e todos informaram que procura ainda esta acima da média, causando filas e falta de combustível.

Onde saiu a nova greve dos caminhoneiros ?

Os boatos começaram no Whastapp e depois migrou para o Facebook, foram vários áudios e imagens dizendo que a nova greve aconteceria na próxima segunda-feira, dia 4, durante a madrugada, e desta vez as estradas seriam bloqueadas, sem ninguém passando pelas vias públicas.

Nas noticias, os supostos caminhoneiros afirmam que agora o movimento vem com força e que nada passará pelas estradas. “O movimento vem ainda mais forte. Estoquem comida, abasteçam seus carros. Queremos a queda do presidente Michel Temer”, frisa o suposto profissional do volante. Mas lideranças dos caminhoneiros afirmam desconhecer uma nova paralisação da categoria.

Cuidado com Fake news

Geralmente, o conteúdo falso apela para teorias da conspiração para gerar revolta nos leitores, vem de sites pouco conhecidos ou sem fonte identificada para informação, pode conter erros de português e costuma pedir para ser compartilhada. Também é muito comum que o conteúdo use tom alarmista, como no caso da greve dos caminhoneiros, que promete “parar o Brasil” novamente.

Alem desse boato, outros relacionados a greve dos caminhoneiros foram criados,  confira abaixo alguns boatos que ja foram desmentidos ?

* Todas essas informações circularam são comprovadamente falsas.

Eleições antecipadas

Circulou falsa lista de reivindicação dos caminhoneiros que pedia a renúncia de Temer e dos presidentes da Câmara e do Senado, além de eleições antecipadas

Bloqueio do WhatsApp

Boato apontava que o Governo Federal bloquearia a internet e o WhatsApp no Brasil para evitar comunicação.

Corte de energia

Falsa “denúncia” dizia que os deputados federais assinaram liminar que determinava corte de energia em todo o País.

Confisco de contas

Áudio de suposta funcionária do Banco do Brasil alertava que haveria confisco de contas bancárias.

Estado de sítio

Boato dizia que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pediu para que Temer decretasse estado de sítio por conta da greve.

Intervenção militar

Texto no WhatsApp dizia que generais do Exército tinham dado prazo para Temer solucionar a greve dos caminhoneiros, sob risco de ocorrer intervenção militar no País.

Estoque de comida

Por áudio falso, suposto presidente do sindicato dos caminhoneiros alertava à população a estocar comida e combustível.

Temer expulso

Vídeo mostrava presidente Temer sendo expulso de protesto dos caminhoneiros. O vídeo ocorreu após desabamento em São Paulo, não foi no contexto da greve.

Greve geral

Cartaz “anunciava” que haveria greve geral em todo o País na última segunda-feira, 28, sem participação de partidos, políticos e sindicatos.

Como descobrir uma noticia falsa

Sites como o Boatos.org e o E-Farsas fazem checagem de boatos de forma profissional. Discursos de políticos podem ser conferidos no Aos Fatos e na Agência Lupa. Além de conferir nestas plataformas, veja quais os sites que falam da tal notícia numa busca rápida no Google: se não houver nenhum site jornalístico confiável falando sobre o tema, evite compartilhar a informação.

Se você desconfiar da veracidade de alguma foto, procure observá-la bem e reconhecer se houve alguma alteração. Fique atento: a internet está repleta de montagens falsas e outros casos a noticia é velha e acabam dando uma nova roupagem para ela, então fique esperto e evite compartilhar notícias assim.

Receba atualizações em tempo real grátis

Comentários estão fechados.