A

5G no Brasil está perto de ser uma realidade

0

Receba atualizações em tempo real grátis

A quinta geração de internet móvel, que já está prestes a ser lançado no Brasil, a qual promete uma maior capacidade de velocidade para navegar, melhor do que temos hoje.

No entanto você sabe a real diferença entre essas novas tecnologias que estão sendo lançadas, e o que elas de fato mudarão em nossas vidas?

É preciso adquirir um aparelho novo? Isso vai resolver os problemas de falha de sinal para áreas mais remotas? Fizemos um apanhado para sanar algumas dessas dúvidas sobre o assunto, para entender melhor continue lendo.

O que é o 5G?

o que é 5g

Se trata da próxima geração de internet móvel, que promete mais velocidade de Download, Upload de dados mais rápida, conexões mais estáveis e uma cobertura ampliada.

A tecnologia diz se utilizar melhor do espectro de rádio, que deve permitir que os smartphones ou qualquer outro dispositivo que use internet móvel, consigam acessar a rede ao mesmo tempo de maneira melhorada.

O que ela vai nos permitir fazer?

Tudo que já fazemos nos nossos aparelhos, poderemos continuar fazendo, mas de maneira melhor e mais rápida. É basicamente como foi a diferença do cinema convencional, para as telonas 3D.

A qualidade dos filmes mudou muito, se tornaram superior, e com a internet das coisas não será diferente.

As cidades se tornarão mais inteligentes e a “realidade aumentada” passará a ter uma qualidade muito melhor.

O que mais chama atenção é sobre as novas possibilidades que uma internet assim, pode proporcionar, com serviços novos, que devem ser criados, sem que possamos prever.

Como funciona o 5G ?

como funciona o 5g

Existe uma série de novas tecnologias que estão sendo criadas e aplicadas, mas os padrões definidos para o 5G no Brasil, são através de faixas de frequência mais alta, de 3,5 GHz a pelo menos 26 GHz.

E essa capacidade é muito maior, como seus comprimentos de onda que são menores, o que significa que o alcance é curto, e podem ser bloqueados facilmente por objetos.

Sendo assim, é bem provável que as empresas de telefonia invistam em antenas menores, mais próximas ao chão, para propagar as ondas milimétricas. Com isso, o número de transmissores e receptores também aumenta, permitindo uma cobertura mais ampla.

Qual a diferença para o 4G?

Sim, o 5G no Brasil se trata de uma nova tecnologia de rádio, mas é bem possível que as pessoas não consigam notar de cara as melhorias de velocidade, já que essa tecnologia deve ser usada somente pelas operadoras no começo, para poder ir aumentando a capacidade do 4G LTE de forma gradual, para garantir um serviço consistente aos seus clientes.

A velocidade que os usuários podem chegar a receber, dependerá da radiofrequência que a operadora vai conseguir usar e de quanto ela está disposta a investir nisso, em novos transmissores e novas antenas.

Quando será o lançamento?

O 5G no Brasil está perto de se tornar real, mas assim como a maioria dos países, a tecnologia não deve ser lançada muito antes de 2020. Embora alguns países já estejam na nossa frente, oferecendo alguns serviços, como Coreia do Sul, Estados Unidos e China.

No Brasil as autoridades responsáveis já estão realizando leilões em vários lugares para definir as faixas de espectro para empresas de telecomunicações, que já devem começar a realizar testes juntos das fabricantes de celulares, para iniciar os novos serviços.

Por exemplo a TIM já começou a fazer experimentos com esta tecnologia nos seus laboratórios e a Oi testou a sua rede 5G no Rock in Rio de 2019 em outubro.

Como pode ver, a tecnologia começa a ser implementada. Qualquer dúvida basta entrar em contato com a sua operadora e ver se eles já têm planos para disponibilizar esta tecnologia na sua área metropolitana.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.