“A vida é curta. Curta um caso”. O slogan do Ashley Madison, deixava as pessoas tranquilas para usar o site de relacionamentos para pessoas casadas pularem a cerca, mas essa semana o site foi invadido por hackers que roubaram mais de 10Gb de dados, e agora foi revelado a localização dos usuários do site, e claro muitos são do Brasil.

Postado na “deep web”, parte da internet na qual usuários podem postar de maneira anônima e impossível de ser rastreada, as informações, que somam mais de 14 gigas, aparentemente foram retiradas do e-mail de Noel Biderman, CEO da Avid Life Media, empresa “irmã” da Ashley Madison. Junto dos dados, uma mensagem: “Ei Noel, você pode admitir que é real agora”.

Embora o conteúdo dos dados mais recente ainda tenha sido verificado, muitos especialistas disseram que existe uma série de indicações que o conteúdo seja verdadeiro.

Veja o mapa com a localização de todos os usuários do site :

O site registrou uma receita de U$ 115 milhões em 2014, um aumento de 45 por cento do ano anterior. Mas agora esta causando um verdadeiro furacão na vida de várias pessoas, o Departamento de Defesa dos EUA estão investigando a alegação que contas de e-mail governo e de militares foram usadas no site.

No Brasil, segundo os dados, a capital paulista possui 374,5 mil usuários registrados no Ashley Madison, ficando à frente de cidades como Nova York, Rio de Janeiro com 156,5 mil usuários e Brasília (97 mil), ao todo o site conta com 918 mil usuários brasileiros.

Leave a Review

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.