A

O que é psoríase e quais os tratamentos disponíveis

Receba atualizações em tempo real grátis

A psoríase  é uma doença inflamatória, crônica, não contagiosa e pode atingir  homens e mulheres de todas as faixas etárias, mais freqüente na raça branca e os sintomas podem desaparecer e reaparecer periodicamente.

Sua causa é desconhecida, está relacionada com sistema imunológico, às interações com o meio ambiente e à suscetibilidade genética.

Como saber se é psoríase

sintomas de psoriase

Os sintomas de psoríase podem variar :

  • Manchas vermelhas com escamas secas esbranquiçadas ou prateadas;
  • Pequenas manchas brancas ou escuras residuais pós lesões;
  • Pele ressecada e rachada, ocasionalmente com sangramento;
  • Coceira, queimação e dor;
  • Unhas grossas, sulcadas, descoladas e com depressões puntiformes;
  • Inchaço e rigidez nas articulações.

Em casos de psoríase moderada pode haver apenas um desconforto, diferente dos mais graves, que pode provocar alterações e dor que impactam na qualidade de vida e na autoestima do paciente.

Quais os fatores que ocasionam a doença

  • Genético – entre 30% e 40% dos pacientes têm histórico familiar;
  • Estresse – Altos níveis de estresse afeta o sistema imunológico;
  • Obesidade – excesso de peso aumenta o risco de desenvolver o tipo invertida, comuns em negros ou em HIV positivos;
  • Tempo frio – a pele ressecada facilita o aparecimento;
  • Consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo aumenta as chances.

Os tipos de Psoríase

tipos de Psoríase

  • Em Placas: Lesões róseas ou avermelhadas e escamas de cor branca;
  • Invertida: Lesões vermelhas leves em regiões como axilas e virilhas;
  • Em gotas: Lesões pequenas que se parecem com gotas;
  • Palmo-plantar: Lesões nas palmas das mãos ou na planta dos pés;
  • Eritrodérmica: Inflamações e manchas vermelhas em várias áreas da pele;
  • Ungueal: As unhas que podem desgrudar da pele;
  • Artrite psoriática: Inflamações em cartilagens e articulações, dor física e dificuldade de movimentação;
  • Pustulosa: Com pústulas (apesar da aparência, as lesões não contém bactérias).

Tratamentos mais comuns

Cada tipo pode responder melhor a um tipo diferente de tratamento:

  • Tratamento tópico: cremes e pomadas, aplicados na pele.
  • Tratamentos sistêmicos: medicamentos em comprimidos ou injeções;
  • tratamentos biológicos: medicamentos injetáveis, existem em diversas classes, são chamados anti-TNFs;
  • Fototerapia: consiste na exposição da pele à luz ultravioleta.

A psoríase pode afetar a qualidade de vida e a autoestima do paciente, é importante que junto ao tratamento haja um acompanhamento psicológico.

Uma alimentação balanceada e atividades físicas ajudam na melhora, entretanto, o acompanhamento médico é muito importante, seguir suas orientações é essencial para o sucesso do tratamento.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.